quinta-feira, 12 de março de 2020

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em épocas anteriores, publica  as atletas nomeadas para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
No jogo da 2ª Mão das Meias-Finais do campeonato Inter-Distrital, frente ao TEBOSA, o jornal nomeou como a melhor em campo
a  CATA, sendo assim nomeada pela terceira vez.

Outras nomeações se seguirão.

PARABÉNS!

terça-feira, 10 de março de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

14ª JORNADA
NUN`ALVARES, 8 - ACD CASTANHEIRA, 0
Num teste dificil, perante um adversário de grande potencial, a necessitar da vitória para conquistar o titulo da Campeão Inter-Distrital, a jovem equipa da ACDC não teve argumentos para contrariar o maior poderio de turma fafense, no entanto, é de ressalvar a garra e o empenho colocados em jogo, dificultando a tarefa da equipa da casa.
Num bloco baixo, com a iniciativa do jogo a pertencer ao Nun`Alvares, a ACDC foi demonstrando qualidade defensiva, chegando ao intervalo em desvantagem, por 3-0, mas desperdiçando algumas  boas oportunidades para alvejar com êxito a baliza contrária, inclusivé com uma bola no poste.
Para a segunda parte adivinhava-se tarefa dificultada para a turma de Cristiana Fernandes, Catarina Passos e Adriana Amorim, face ao desgaste acumulado no jogo, face ás poucas opções em termos de plantel, ao contrário do adversário, com um leque alargado de atletas, que permitia uma rotação constante da equipa.
Neste cénario, foi com naturalidade que surgiu o avolumar do resultado, sendo justo destacar a boa réplica dada pela equipa Castanheirense, merecedora de dois ou três golos no placard, face ás oportunidade criadas e desperdiçadas.
No computo geral, vitória justa, mas por números exagerados,  da formação Fafense que, com a conquista dos 3 pontos, alcançou o titúlo de campeã.
Num jogo fácil de dirigir, trabalho positivo da equipa de arbitragem.
Findo o campeonato, é justo reconhecer a evolução da nossa jovem equipa, notória da primeira para a segunda volta, apesar das muitas limitações, não só em termos de atletas no plantel, mas também ás dificuldades de treino, agravadas com as obras num dos pavilhões onde a equipa normalmente treina.
Apesar das condiconantes, dá para perceber a qualidade existente no grupo, com tudo para crescer, e muito, na modalidade.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Maria João, Magda, Barbara, Márcia e Andreia, cinco inicial, Jú (cap) e Daniela.
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjuntas = Catarina Passos/ Adriana Amorim
Árbitros = Maria Pereira/ Fernando Martinho
RESULTADOS:
» NUN`ALVARES, 8 - ACD CASTANHEIRA, 0
» GTEAM, 0 - S. MATEUS, 1
» TEBOSA, 5 - SANTA LUZIA, 4

segunda-feira, 2 de março de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

APURAMENTO 3º/4º LUGAR
CAMPO, 8 - ACD CASTANHEIRA, 2
No jogo para atribuição do 3º e 4º lugar do campeonato Inter-Distrital, a ACDC realizou a pior exibição da época, numa prestação sem chama, garra e ambição, acabando por sofrer a maior goleada da época, perante um adversário ao alcance da turma de José Teles e Benjamim Gomes, mas que, neste jogo, apresentou muita mais vontade e determinação na conquista da vitória.
Com uma péssima entrada em jogo, com muitos erros defensivos e muita permissividade, a ACDC facilitou  a tarefa ao adversário, que com relativa facilidade chegou aos 5-0, resultado robusto e que permitiu um controlo tranquilo dos acontecimentos.
Antes do intervalo a ACDC ainda reduziu para 5-2, números que levaram as equipas para os balneários.
Logo no inicio da segunda parte a ACDC ainda apostou no 5x4, no sentido de minimizar os estragos, mas sem efeitos práticos.
Sempre com jogo controlado e muita eficácia defensiva, a formação do Campo foi gerindo o resultado, acabando por, na parte final, dilatar a vantagem para 8-2, números impensáveis antes do inicio da partida e que não traduzem a diferença de valores das equipas em confronto, mas que premeiam o acerto de uma equipa e penalizam o desacerto total de outra equipa, sem chama para discutir jogos deste calibre.
Num jogo tranquilo, trabalho sem reparos da equipa de arbitragem.
Finalizado o campeonato Inter-Distrital, as atenções voltam-se agora para novas provas, desde logo a 3ª fase do campeonato Inter-Distrital e ainda a Taça AFVC, onde a ACDC é a detentora do troféu.
Espera-se que este tempo de paragem entre as provas sirva de momento de reflexão série entre todos, de molde a que a imagem deixada neste jogo não se volte a repetir, sabendo-se que a equipa tem valor para muitos mais e que foi provado em jogo recentes.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Sofia, Nocas, Francisca, Cata e Tânia(cap), cinco inicial, Amorim, Bea, Teixeira, Souto, Diana, Mariana e Maria João. 
Golos = Francisca e Cata
Disciplina = amarelo: Cata
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes
Árbitros = João Soares/ Diogo Araújo/ Vitor Faria

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO - 3º/4º LUGAR


MELHOR DA QUINZENA


Na edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em épocas anteriores, publica  as atletas nomeadas para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
No jogo da 1ª Mão das Meias-Finais do campeonato Inter-Distrital, frente ao TEBOSA, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  ADRIANA, sendo assim nomeada pela primeira vez.
Outras nomeações se seguirão.


PARABÉNS!

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

ACDC REPRESENTADA NA SELEÇÃO DISTRITAL FUTSAL FEMININO - SUB 17

Confirmando uma sequência que vem de há muitas épocas a esta parte, e que atesta o excelente trabalho que tem sido desenvolvido na formação,  o nosso clube esteve, uma vez mais, representado na seleção Distrital de Futsal Feminino Sub-17 da AF de Viana do Castelo, que acabou de participar no Torneio Inter-Associações que decorreu em Viseu, entre os dias 22 e 25 deste mês.
As atletas convocadas para o referido torneio foram:
» Aos 17 anos, a nossa capitã de equipa, no escalão de juniores, marcou presença na seleção distrital pela quarta época consecutiva, o que atesta a excelente qualidade de um valor seguro do Futsal Feminino, ao ponto de, na época transata, já se ter tornado Campeão Distrial pelo clube, na categoria de seniores, para lá ter conquistado a Taça AFVC e Supertaça.

» Estreia na seleção distrital é também um valor seguro do Futsal e com larga margem de progressão. Com 16 anos, representa o clube pela terceira época consecutiva, onde chegou ainda na idade de Iniciada.

» Em época de estreia no clube, a Daniela, também com 16 anos, foi logo chamada á selelção distrital. Com enorme vontade em aprender e progredir, pode almejar a uma carreira de sucesso no mundo do Futsal.
PARABÉNS ÁS ATLETAS PELA CONVOCATÓRIA!
Parabéns ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela equipa técnica no formação.
Juntos somos ACDC###

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO - FINAL FOUR

APURAMENTO DE CAMPEÃO
MEIAS-FINAIS - 2ª MÃO

TEBOSA, 3 - ACD CASTANHEIRA, 0
Depois de igualdade a zero na primeira mão, num jogo onde apenas faltaram os golos, a ACDC deslocou-se até Tebosa, para discutir um lugar na Final do Campeonato Inter-Distrital. 
Num jogo equilibado, na presença de duas das melhores equipas da prova, a ACDC tinha uma hércula missão, ao defrontar uma equipa com um registo impressionante no campeonato, sem derrotas e apenas dois empates, um na fase regular e o outro frente ao Castanheira, na primeira mão desta eliminatória.
Apesar dessas condicionantes, a partida iniciou-se pautada pelo equilibrio, embora  com maior dominio da formação da casa, no entanto, as melhores e mais flagrantes oportunidades de golo pertenceram á turma de José Teles e Benjamim Gomes, voltando, por um lado a pecar na finalização e por outro a encontrar pela frente uma guarda redes que foi só das melhores jogadoras na quadra.
Com o intervalo a aproximar-se e com o placard a permanecer teimosamente no zero, eis que a 1 minutos do final da primeira parte surge o golo local, aproveitando uma falha defensiva verde/branca.
A segunda parte surge com tudo em aberto e com o Castanheira empenhado em ir em busca do resultado.  
Depois de uma perdida incrivel, num lance de 2x0, com tudo para dar golo, mas com o remate a sair ao lado da baliza, responde a equipa da casa com o segundo golo, na sequência de uma reposição lateral, com a bola a embater caprichosamente numa atleta Castanheirense, traindo a g. redes Adriana. Num ápice e quando o resultado poderia ter ido para um empate, a formação do Tebosa dilata a vantagem, num golo de muita felicidade.
O 2-0 deitou por terra as aspirações da ACDC que, nos últimos minutos ainda utilizou o 5x4, mas sem resultados práticos, aproveitando a equipa da casa para fixar o desfecho final em 3-0 e, dessa forma, garantir a presença na final do campeonato.
Num excelente jogo de futsal, arduamente disputado pelas duas equipas, o desfecho final é deveras pesado para o desempenho Castanehirense, embora se justicia a vitória local, mas por números exagerados.
No computo geral a eliminatória foi pautado pelo equilibrio, saindo a ACDC penalizada pela falta de eficácia na finalização, visivel nos dois jogos, mas mais declaradamente na primeira mão.
Num jogo onde imperou o desportivismo e fair-play de todos os intervenientes, numa excelente propaganda da modalidade, trabalho sem reparos da equipa de arbitragem.
Para terminar esta fase do campeonato, resta à ACDC a disputa do 3º/4º lugar, agendado para 1 de março e onde a equipa vai procurar alcançar um lugar no pódio.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Francisca, Cata e Tânia (cap), cinco inicial, Amorim, Souto, Cris, Teixeira, Rita, Mariana e Sofia.
Disciplina = amarelos: Francisca e Tânia
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes
TEBOSA = Rita, Andreia, Joana, Arminda e Cindy, cinco inicial, Graciela, Ana, Joana Coimbra, Ana Costa, Verónica, Cindy  Pinto e Abela.
Golos = Joana, Arminda e auto-golo
Disciplina = amarelo: Joana Martins
Treinador = Nuno Araújo
Árbitros = Bruno Santos/ Rui Machado
RESULTADOS:
» Tebosa, 3 - ACD Castanheira, 0
» CP Freixo, 3 - Campo, 2

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

APURAMENTO DO CAMPEÃO - MEIAS FINAIS
1º MÃO
ACD CASTANHEIRA, 0 - TEBOSA, 0
No primeiro jogo das Meias-Finais, que dá acesso á Final para apuramento do Campeão Inter-Distrital, num regulamento suis géneris, elaboradado pelos iluminados associativos, responsáveis pela organização da prova, colocando frente-a-frente o 1º classificado da primeira fase contra o 3º e o 2º classificado contra o 4º, a equipa da ACDC recebeu, no pavilhão municipal, a formação do Tebosa, que efetuou uma primeira fase praticamente imaculada, com o registo de 11 vitórias e apenas 1 empate.
Num jogo de emoçoes fortes, com a presença de duas das melhoras equipas da prova, o equilibrio foi a nota dominante, traduzindo-se num empate a zero, resultado muito raro no futsal.
Numa partida intensa e disputada até ao último apito, as oportunidades de golo foram surgindo, numa e noutra baliza, brilhando as guarda redes, todas de inegável qualidade e, alguma ineficáca ofensiva, nomeadamente da ACDC, que desperdiçou algumas boas oportunidades para alvejar, com êxito, as redes adversárias.
Num jogo rico em termos táticos e estratégicos, a partida merecia golos, face ao volume de futsal ofensivo  desenvolvido pelas duas equipas, sendo justo destacar o ritmo intenso das duas formações ao longo dos 60 minutos.
Com um empate que acaba por se aceitar, demonstrativo da equivalência das equipas em confronto, tudo ficou aidado para o jogo da segunda mão, onde terá de ficar decidido o finalista desta Final Fou para apuramento do campeão e o apurada para a disputa do 3º e 4º lugar da prova Inter-Distrital. Aguarda-se, por isso, mais um jogo intenso e equilibrado.
Apesar do cariz da jogo, reinou o fair-play entre todos os intervenientes, com trabalho de nota alta da equipa de arbitragem
O jogo da segunda  mão está agendado para este sábado, dia 22, no pavilhão Gimnodesportivo de Tebosa.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Francisca, Cata e Tânia, cinco inicial, Bea, Amorim, Cris (cap), Diana, Souto, Rita e Sofia Padrão.
Disciplina = nada a registar
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes
TEBOSA = Rita, Ana, Graciela, Verónica e Arminda, cinco inicial, Andreia, Anabela, Ana Serra, Joana, Joana Coimbra, Cindy Pinto e Cindy Nogueira
Disciplina = amarelo: Joana Coimbra
Treinador = Nuno Araújo
Árbitros:Bartolomeu Franco/ Rafael Rocha
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 0 - Tebosa, 0
» Campo, 1 - CF Freixo, 3


CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

12ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 2 - S. MATEUS, 7
Frente a uma das equipas candidatas ao titulo, a jovem equipa da ACDC entrou algo adormecida no jogo, cometendo alguns erros defensivos, que custaram 4 golos durante a primeira parte. De premeio, a turma de Cristiana Fernandes, Catarina Passos e Adriana Amorim ainda dispos de algumas boas oportunidades de golo, entretanto desperdiçadas.
Em desvantagem, antevia-se uma segunda parte de grande dificuldade, face, não só ao desnivel no resultado, mas também ás limitações em termos de plantel, agravadas com a indisposição da Barbara e as limitações fisicas da capitã, Ju, que permitem pouca rotatividade no xadrez da equipa, perante um adversário na máxima força e com ritmo elevado na partida. No entanto, regista-se uma entrada muito positiva da ACDC, com a obtenção de 2 golos, através da camisa 17, Andreia, encurtando distências no resultado e entrando na discussão do jogo.
Algo surpreendida com a  reação Castanheirense, a equipa adversária continua numa pressão alta, conseguindo dilatar a vantagem até aos 7-2 finais.
Num jogo com vitória justa da equipa visitante, mas por números algo dilatados, até porque a ACDC viu 3 remates devolvidos pelos postes da baliza contrária, trabalho com nota positiva da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Maria João, Barbara, Ju (cap), Márcia e Andreia, cinco inicial, Magda e Daniela.
Golos = Andreia (2)
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjuntas = Catarina Passos/ Adriana Amorim
S. MATEUS = Beatriz, Ana, Mónica, Tatiana e Marisol, cinco inicial, Daniela, Catarina, Marta, Erica e Rita.
Golos = Erica (3), Tatiana,  Marisol, Ana e Daniela
Disciplina = amarelo: Tatiana
Treinador = Pedro Pedroso
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 2- S. Mateus, 7
» Nun`Alvares, 3 - Santa Luzia, 0
» Gteam, 2 - Académicos, 2
CLASSIFICAÇÃO:
1º Académcios = 24 Pontos
2º Nun`Alvares = 22 Pontos
3º S. Mateus = 21 Pontos
4º Santa Luzia = 16 Pontos
5º Gteam = 14 Pontos
6º Tebosa = 03 Pontos
7º ACD Castanheira = 03 Pontos

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO - FINAL FOUR


MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em épocas anteriores, publica  as atletas nomeadas para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na décima terceira jornada do campeonato Inter-Distrital, frente ao MARIA DA FONTE, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  FRANCISCA, sendo assim nomeada pela quinta vez.

Outras nomeações se seguirão.

PARABÉNS!

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

11ª JORNADA
SANTA LUZIA, 4 - ACD CASTANHEIRA, 0
Num jogo equilibrado, com ligeiro ascendente em termos de posse de bola da equipa da casa, a jovem equipa da ACDC foi penalizada apenas em termos de eficácia. Aos 3 remates enviados aos postes da baliza adversária, respondeu o Santa Luzia com 4 golos, que expressam o resultado final.
Numa exibição personalizada, a melhor desta época,  a ACDC discutiu o jogo e o resultado, com o primeiro golo da equipa da casa a surgir aos 25 minutos de jogo, depois do Castanheira ter desperdiçados algumas boas oportunidades de alvejar com êxito a baliza contrária. Antes do intervalo o Santa Luzia ainda aumentou a vantagem para 2-0, num golo algo feliz.
Na segunda parte a turma de Cristiana Fernandes, Catarina Passos e Adriana Amorim , continuou personalizada, discutindo o jogo e o resultado. Mais uma vez foi a eficácia a fazer leis, e ás oportunidades desperdiçadas pela ACDC respondeu a equipa da casa com mais 2 golos, o último a surgir jé em cima do apito final.
Aceitando-se a vitória da formação vianense, o resultado é deveras dilatado, face ao desempenho das equipas durante o jogo.
Apesar de derrota a nossa equipa está de parabéns pelo jogo realizado, sendo notório o franco crescimento deste leque de atletas de inegavel qualidade.
Num jogo tranquilo, trabalho de excelência da equipa de arbitragem, com muita pedagogia, sempre positiva nos escalões de formação e nem sempre levada á prática. Parabéns. 
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Maria João, Barbara, Ju (cap), Márcia e Andreia, cinco inicial, Magda e Daniela.
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjuntas = Catarina Passos/ Adriana Amorim
Árbitros = Bruno Castro/ Ana Silva
RESULTADOS:
» Santa Luzia, 4 - ACD Castanheira, 0
» Académicos, 3 - Nun`Alvares, 1
» Tebosa, 2 - Gteam, 7

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

13ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 7 - MARIA DA FONTE, 4
Num jogo onde só a vitória interessava para garantir a presença na Final Four do campeonato, a ACDC cumpriu os objectivos minimos, vencendo, sem contestação, a formação que viajou da Povoa do Lanhoso.
Longe do fulgor e do acerto evidenciados no jogo anterior, a turma de José Teles e Benjamim cometeu muitos erros defensivos, traduzidos em quatro golos do adversário, valendo a maior pendor ofensivo verde/branco, ao introduzir a bola por sete vezes na baliza contrária.
O jogo até começou bem para a ACDC que, logo no primeiro minuto, inaugurou o marcador, através da camisa 10, Francisca. Em desvantagem, o Maria da Fonte procurou ir em busca do resultado, chegando, pouco depois, á igualdade a 1 golo. Antes do intervalo a ACDC voltou a correr atrás do prejuizo, recolhendo aos balneários em vantagem, por 3-1, graças a mais um golo da Francisca e outro da Bea.
Na segunda parte a ACDC regressa dos balneários algo adormecida, perante um adversário composto por atletas irreverentes que, num ápice, chegam á igualdade a três golos, baralhando de novo as contas Castanheirenses.
Sabendo que só a vitória interessava para os objectivos do clube, a equipa reentra de novo no jogo e depressa desfaz a igualdade, chegando com naturalidade aos 6-3, com 2 golos da Tânia, autora de um hat-trick e outro da Cata.
Com a vitória no bolso e o apuramento garantido, aos 27 minutos o jogo é interrompido, perante uma lesão com alguma gravidade de uma atleta visitante. Com uma paragem aproximada de 30 minutos, para assistência a atleta, posteriormente transportada ao hospital de Braga, pela equipa do INEM que a assistiu, a partida reatou-se para os últimos 3 minutos, com registo para mais 2 golos, um para cada lado, fixando-se o resultado final em 7-4.
Vitória justa da melhor equipa na quadra, num jogo nem sempre bem jogado e com muitas facilidades defensivas.
Num jogo facil de dirigir trabalho sem reparos da equipa de arbitragem
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Adriana, Bea, Francisca, Cata e Tânia (cap), cinco inicial, Amorim, Teixeira, Souto, Diana e Sofia.
Golos = Tânia (3), Francisca (2), Bea e Cata
Disciplina = amarelo: Cata
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomos
MARIA DA FONTE = Sara, Sara Lopes, Batista, Sofia e Cátia, cinco inicial, Joana. Márcia, Bruna, Palmira, Debora e Andreia.
Golos = Sara Lopes (2), Batista e Sofia
Treionadora = Carla Malainho
Árbitros = Agostinho Santos/ Guilherme Rocha
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 7 - Maria Fonte, 4
» CP Freixo, 2 - Vilaça, 0
» Jorge Antunues, 13 - Melgacense, 0
» Raianos, 2 - Tebosa, 11
» Campo,  - Gteam
» Nespereira,  - S. Mateus, 0
CLASSIFICAÇÃO:
1º Tebosa = 34 Pontos
2º CP Freixo = 31 Pontos
3º ACD Castanheira = 25 Pontos
4º Jorge Antunes = 24 Pontos
5º Campo = 22 Pontos
6º Académicos = 22 Pontos
7º S. Mateus = 20 Pontos
8º Gteam = 14 Pontos
9º Maria Fonte = 12 Pontos
10º Vilaça = 08 Pontos
11º Nespereira = 07 Pontos
12º Raianos = 03 Pontos
13º Melgacense = 00 Pontos

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em épocas anteriores, publica  as atletas nomeadas para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na décima primeira jornada do campeonato Inter-Distrital, frente ao SC MELGACENSE, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  AMORIM, sendo assim nomeada pela primeira vez.

Na décima segunda jornada do campeonato Inter-Distrital, frente ao S. MATEUS, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  FRANCISCA, sendo assim nomeada pela quarta vez.

Outras nomeações se seguirão.

PARABÉNS!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

10ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 0 - FC ACADÉMICOS, 8
Perante uma das equipas mais fortes do campoenato e melhor posicionada para a conquista do titúlo, a jovem equipa da ACDC não encontrou argumentos para contrariar o favoritismo fortasteiro, acabando por baquear, por 8-0.
Num jogo com maior com maior dominio e posse visitante, a ACDC na primeira parte deixou uma boa imagem, dificultando ao máximo a tarefa ao adversário. O intervalo chegou, com o resultado em 3-0.
Na segunda parte veio ao de cima o maior desgaste Castanheirense, com um plantel muito reduzido, que limita as opções técnicas. Do outro lado estava um equipa com o plantel na máxima força e recheada de algumas boas executantes, factores que contribuiram para o avolumar do resultado, sendo justo destacar o estoicismo das atletas da ACDC que, pelo desempenho, mereciam, no minino, o tento de honra.
Num jogo fácil de dirigir, trabalho sem reparos da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Maria João, Barbara, Jú (cap), Márcia e Andreia, cinco inicial, Magda e Daniela.
Disciplia = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjuntas = Catarina Passos/ Adriana Amorim
Árbitros = Miguel Costa/ Nuno Cerqueira
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 0 - FC Académicos, 8
» S. Mateus, 1 - Santa Luzia, 1
» Nun`Alvares, 5 - Tebosa, 0

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

12ª JORNADA
S. MATEUS, 2 - ACD CASTANHEIRA, 3
Num jogo aguardado com enorme expectativa, que colocava frente-a-frente duas equipas com aspirações a marcar presença na Final-Four do campeonato, a ACDC sabia que, só a vitória garantia essa possibilidade, enquanto que, á equipa da casa uma vitória ou empate abria as portas a essa fase da prova.
Cientes do grau de dificuldades do jogo e do valor do adversário, o Castanheira encarou a partida com a maior responsabilidade, disposta a tudo fazer para trazer os 3 pontos até Paredes de Coura, mesmo com algumas limitações em termos de opções no plantel. Foi um Castanheira unido, guerreiro e com enorme espirito de entreajuda que se apresentou em Delães.
Iniciando bem o jogo, a turma de José Teles e Benjamim Gomos surpreendeu o adversário, inaugurando o marcador através da capitã, Amorim, que nos últimos jogos tem surgido de pé quente.
Sem espaço de reação da equipa da casa, a ACDC dilatou pouco depois a vantagem para 3-0, com golos da camisa 4, Bea,e da camisa 10, Francisca.
Em desvantagem por 3-0, o S. Mateus começou a pressionar alto, reduzindo a diferença para 3-1 em cima do intervalo, num golo algo confuso. 
Para a segunda parte adivinhava-se um pressing total da equipa da casa, respondendo o Castanheira com um bloco mais baixo, numa excelente organização defensiva, não dando grandes veleidades á equipa contrária para alvejar com êxito a baliza verde/branca e procurando sempre o ataque rápido, aproveitando o adiantamento da equipa contrária.
Com o jogo a caminhar para o final e sem alteração no marcador, o S. Mateus apostou no 5x4 nos últimos minutos, mas o máximo que conseguiu foi reduzir a desvantagem para 3-2, á entrada do último minuto de jogo e sem tempo para muito mais.
Pouco depois surge o apito final, com a natural festa do grupo de trabalho Castanheirense que, desta forma, deu um passo de gigante rumo á Final Four do campeonato, fase onde se vai discutir não só o titulo de Campeão Inter- Distrital, mas também os respetivos titulos Distritais da AF Braga e AF Viana do Castelo.
Num jogo frenético, disputado arduamente do primeiro ao último segundo, mas sempre dentro do maior desportivismo, trabalho de excelência para a equipa de arbitragem.
Agora, resta o último jogo desta fase, agendado para sábado, dia 1 de fevereiro, pelas 18 horas, no nosso pavilhão, na receção ao Maria da Fonte, onde só a vitória interessa para garantir a ACDC na Final Four do campeonato. Como sempre, contamos com o apoio incondicional dos nossos adeptos nesta derradeira jornada.
FICHA DO JOGO:
ACDC CASTANHEIRA = Adriana, Souto, Francisca, Cata e Amorim (cap), cinco inicial, Bea, Teixeira, Nocas, Diana e Sofia.
Golos = Amroim, Bea e Francisca
Disciplina = amarelos: Adriana, Cata e Francisca
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes
S. MATEUS = Vera, Jessica, Tânia, Lúcia e Angela, cinco inicial, Liliana, Raquel, Liliana Silva e Ana.
Golos = Liliana e Liliana Silva
Disciplina = amarelos: Angela e Raquel
Treinador = Ruben Correira
Árbitros = José Carvalho/ Filipe Cerqueira
RESULTADOS:
» S. Mateus, 2 - ACD Castanheira, 3
» Tebosa, 4 - Campo, 1
» Maria da Fonte, 7 - Raianos, 1
» Gteam, 0 - Académicos, 2
» Vilaça, 0 - Jorge Antunes, 3
» Melgacense,  - Nespereira, 
CLASSIFICAÇÃO:
1º Tebosa = 31 Pontos
2º CP Freixo = 28 Pontos
3º ACD Castanheira = 22 Pontos
4º Académicos = 22 Pontos
5º Jorge Antunes = 21 Pontos
6º S. Mateus = 20 Pontos
7º Campo = 19 Pontos
8º Gteam = 14 Pontos
9º Maria Fonte = 12 Pontos
10º Vilaça = 05 Pontos
11º Nespereira = 04 Pontos
12º Raianos = 03 Pontos
13º Melgacense = 00 Pontos

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em épocas anteriores, publica  as atletas nomeadas para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na nona jornada do campeonato Inter-Distrital, frente ao CP FREIXO, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  BEA, sendo assim nomeada pela segunda vez.

Na décima jornada do campeonato Inter-Distrital, frente ao VILAÇA, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  FRANCISCA, sendo assim nomeada pela terceira vez.

Outras nomeações se seguirão.

PARABÉNS!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

11ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 13 - MELGACENSE, 1
Num jogo sem grande história, a ACDC garantiu mais 3 pontos, com dominio total e absoluto da partida do primeira ao último segundo, frente a um adversário a atuar com um bloco muito baixo, procurando sofrer o menor número de golos e pouco apostada em chegar á baliza contraria.
Face ao aglomerado de atletas junto da baliza, os golos tardavam em aparecer, chegando o intervalo com vantagem da ACD, por 4-0.
Na segunda veio ao de cima a mais valia técnica Castanheirense  que, perante um maior desgaste da turma Melgacense, permitiu que o resultado se fosse avolumando até aos números finais, que traduzem a supremacia da formação de José Teles e Benjamim Gomes.
Destaque para a estreia da Teixeira, reforço desta época, que só agora deu o primeiro contributo á equipa e logo com 2 golos. Referência ainda para o tento de honra do Melgacense, numa das raras incursões á baliza Castanheirense.
Num jogo tranquilo e de sentido único, trabalho facilitado da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Sofia, Francisca, Souto,Bea e Tânia, cinco inicial, Amorim, Diana, Rita, Teixeira, Suana e Cunha.
Golos = Amorim (3), Francisca (2), Teixeira (2), Bea (2), Tânia (2) e Diana (2)
Disciplina = nada a registar
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes
MELGACENSE = Susana, Sara, Eliana, Ana e Olga, cinco inicial, Priscila.
Golo  = Sara
Disciplina = nada a registar
Árbitros = Hugo Velho/ Fernando Veiga
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 13 - Melgacense, 1
» Raianos, 0 - S. Mateus, 10
» Académicos, 1 - Tebosa, 2
» Jorge Antunes, 2 - Freixo, 3
» Nespereira,  - Vilaça,
» Campo - Maria Fonte (adiado)
CLASSIFICAÇÃO:
1º Tebosa = 28 Pontos
2º Freixo = 28 Pontos
3º S. Mateus = 20 Pontos
4º ACD Castanheira = 19 Pontos
5º Campo = 19 Pontos
6º Académicos = 19 Pontos
7º Jorge Antunes = 18 Pontos
8º Gteam = 14 Pontos
9º Maria Fonte = 09 Pontos
10º Vilaçã = 04 Pontos
11º Nespereira = 03 Pontos
12º Raianos = 03 Pontos
13º Melgacense = 00 Pontos


CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

8ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 2 - GTEAM, 7
Mais um jogo onde a jovem equipa da ACDC teve uma primeira parte de bom nível, discutindo o jogo e o resultado. O intervalo chegou com as visitantes em vantagem, por 2-1, deixando tudo em aberto para a segunda parte.
Na etapa complementar veio ao de cima o maior desgaste das atletas da ACDC, fruto das poucas opções em termos de plantel e face ás dificuldades de treinos regulares nas últimas semanas, sendo visivel alguma falta de ritmo competitivo.
Mesmo assim, as atletas esforçaram-se, acabando o resultado por se tornar algo pesado, face ao desempenho das equipas. Com o resultado em 2-3, a ACDC teve uma excelente oportunidade para empatar, com a bola a bater no poste da baliza adversária. Na resposta, as visitantes dilatam a vantagem para 2-4. No último minuto a formação vimaranense consegue 2 golos, dando um colorido algo pesado ao resultado final, numa vitória sem contestação.
Arbitragem tranquila e sem reparos.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Maria João, Barbara, Jú (cap), Márcia e Andreia, cinco inicial, Magda e Daniela.
Golos = Márcia e Andreia
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjuntas = Catarina Passos/ Adriana Amorim
Árbitros = Fernando Veiga/ Hugo Velho
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 2 - Gteam, 7
» Santa Luzia, 6 - Académicos, 2
» S. Mateus, 6 - Tebosa, 0
CLASSIFICAÇÃO:
1º Académicos = 16 Pontos
2º S . Mateus = 16 Pontos
3º Nun`Alvares = 15 Pontos
4º Santa Luzia = 12 Pontos
5º Gteam = 09 Pontos
6º ACD Castanheira = 03 Pontos
7º Tebosa = 00 Pontos

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

10ª JORNADA
ADC VILAÇÃ, 1 - ACD CASTANHEIRA, 4

Depois de duas derrotas na prova, a equipa da ACDC voltou ás vitórias, ao vencer o Vilaça, por 4-1, num jogo onde a supremacia verde/branca foi por demais evidente.
Apesar do desnível no resultado, a primeira parte foi marcada por algum equilibrio, com mais posse de bola da ACDC, mas com a equipa da casa aguerrida a defender e sem na espreita do contra ataque. O intervalo chegou com vantagem Castanheirense, por 1-0, num golo pleno de oportunidade da camisa 4, Bea.
Na segunda parte o dominio da ACDC acentuou-se, sendo visivel algum desgaste fisico da equipa da casa, no entanto, a primeira grande oportunidade de golo pertenceu ao Vilaçã, ao qual se opôs a g. redes Sofia, com intervenção de grande nivel.
Num ápice respondeu o Castanheira, com dois golos da camisa 10, Francisca, colocando a diferença em 3 golos. Sem, baixar os braços a equipa da casa nunca desistiu do jogo, reduzindo para 1-3 e relançando de nojo o jogo.
Sem baixar os braços, a turma de José Teles e Benjamim Gomes, não tirou o pé do acelerador, dilatando de novo a vantagem para 1-4, através de um golo de excelente execução da camisa 18, Amorim.
Com vantagem confortável no marcador, a ACDC geriu o jogo e o resultado até ao apito final, numa vitória justa, num jogo onde a equipa nem sempre se exibiu ao nível habitual, com momentos de pouca intensidade e espírito coletivo.
Num jogo fácil de dirigir, trabalho se reparos da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Souto, Francisca e Amorim, cinco inicial, Cris (cap), Tânia, Bea, Rita, Sofia e Cunha.
Golos = Francisca (2), Bea e Amorim
Disciplina = nada a registar
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes
ADC VILAÇA = Maria, Joana, Carla, Adriana e Filipa, cinco inicial, Daniela, Ana, Diana, Gabriela e Rafaela.
Golo = Rafaela
Treinador = Rui Vieira
Árbitros = José Almeida/ Carlos Meireles
RESULTADOS:
» Vilaça, 1 - ACD Castanheira, 4
» Tebosa, 3 - Gteam, 1
» CP Freixo, 11 - Nespereira, 0
» Melgacense, 0 - Raianos, 4
» Maria da Fonte, 1 - Académicos, 4
» S. Mateus, 3 - Campo, 0
CLASSIFICAÇÃO:
1º Tebosa = 28 Pontos
2º Freixo = 25 Pontos
3º Campo = 19 Pontos
4º Académicos = 19 Pontos
5º Jorge Antunes = 18 Pontos
6º S. Mateus = 17 Pontos
7º ACD Castanheira = 16 Pontos
8º Gteam = 14 Pontos
9º Maria da Fonte = 09 Pontos
10º Vilaça = 04 Pontos
11º Nespereira = 03 Pontos
12º Raianos = 03 Pontos
13º Melgacense = 00 Pontos

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

7ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 1 - NUN`ALVARES, 7
Frente ao campeão Inter-Distrital da época passada e com as fortes aspirações a renovar o titulo, a jovem equipa da ACDC deu excelente réplica, nomeadamente na primeira parte, chegando ao intervalo em desvantagem por 2-1.
Na segunda parte adivinhava-se um maior desgaste da turma de Cristiana Fernandes, Catarina Passos e Adriana Amorim, face ás poucas opções no banco, com apenas seis atletas disponíveis para o jogo.
Nestas premissas e com o terceiro golo visitante a surgir logo nos primeiros segundos da etapa complementar, o estado anímico da equipa baixou em flecha, aproveitando a formação de Fafe para dilatar a vantagem até ao desfecho final de 7-1, numa vitória que não merece contestação.
Num jogo fácil de dirigir, trabalho normal da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Maria João, Barbara, Márcia, Ju (cap) e Andreia, cinco inicial, e Magda.
Golo = Márcia
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjuntas = Catarina Passos/ Adriana Amorim
Árbitros  = Nuno Cerqueira/ Leandro Rocha
Resultados: 
» ACD Castanheira, 1 - Nun`Alvares, 7
» S. Luzia, 10 - Tebosa, 2
» S. Mateus, 1 - Gteam, 0
CLASSIFICAÇÃO:
1º Académicos = 16 Pontos
2º Nun´Alvares = 15 Pontos
3º S. Mateus = 13 Pontos
4º Gteam = 09 Pontos
5º Santa Luzia = 06 Pontos
6º ACD Castanheira = 03 Pontos
7º Tebosa = 00 Pontos

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

FELIZ ANO NOVO

SÃO OS VOTOS DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL E DESPORTIVA DE CASTANHEIRA PARA TODOS OS ATLETAS E SEUS FAMILIARES, TÉCNICOS, DIRIGENTES, ASSOCIADOS, AMIGOS DA COLETIVIDADE E PATROCINADORES.

sábado, 21 de dezembro de 2019

BOAS FESTAS

A ACD Castanheira deseja a todos os atletas e seus familiares,  treinadores, patrocinadores, associados e amigos em geral umas BOAS  FESTAS!
Com um SANTO NATAL  e um NOVO ANO CARREGADO DE EXITOS e SAUDE.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

9ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 1 - CP FREIXO, 3
No jogo grande da jornada, num derby que colocava frente-a-frente as duas equipas que lutam pelo titulo de campeãs distritais vianenses, levou a melhor a formação que viajou de Ponte de Lima, ao vencer por 3-1
Com muito público nas bancadas, assistiu-se a um jogo emotivo, com bons momentos de futsal, na presença de duas equipas recheadas de excelentes executantes.
Num partida de parada e resposta, com respeito mutuo das equipas, as visitantes adiantaram-se no marcador, beneficiando uma desatenção defensiva verde/branca.Antes do intervalo, a formação de Freixo alcançou o segundo golo, na sequência de um livre, levando uma vantagem confortável de 2-0 para intervalo.
Na segunda parte a ACDC teria que dar tudo por tudo para encetar a remontada no marcador, deparando-se com um adversário a jogar mais na contenção, procurando o erro contrário.  Fruto de um maior dominino na partida, a formação de José Teles e Benjamim Gomes chegou ao golo que relançava o jogo, através da camisa 4, Bea.
Quando faltavam 7 minutos para o apito final, a ACDC aposta no 5x4, sem resultados práticos, beneficiando o adversário uma perda de bola ofensiva para selar a vitória com o terceiro golo.
Num jogo frenético, venceu a equipa que se mostrou mais capaz, com total entrega das intervenientes, demonstrando muito raça e muito crer, perante um Castanheira uns furos abaixo da bitola exibicional a que nos habituou.
Num cenário de duas excelentes equipas, com atletas de inegável qualidade, foi pena a terceira equipa não se exibir ao melhor nivel, com uma dualidade de critérios gritante na análise dos lances, sempre em beneficio da CP Freixo,  faltando coragem para advertir uma atleta visitante com a cartolina amarela, que na circunstância seria o segundo, e consequente expulsão. O mesmo não sucedeu com a nossa camisa 24, Catarina, que nos instantes finais da partida recebeu ordem de expulsão, numa decisão acertada, como teria que ser a anterior. Apesar de não ter interferência direta no resultado, o trabalho da equipa de arbitragem foi dos mais fracos do campeonato, num jogo que merecia muito mais, logo com nota bem negativa.
FICHA DO JOGO:
ACD CASTANHEIRA = Sofia Padrão, Nocas, Francisca, Cata e Tânia, cinco inicial, Cris, Amorim, Bea, Souto, Diana, Rita e Adriana.
Golo = Bea
Disciplina = amarelo: Nocas, Francisca, Amroim; Duplo amarelo: Cata
Treinador = José Teles
Adjuntos = Benjamim Gomes
CP FREIXO = Cláudia, Cabral, Marta (cap), Ana e Bruna, cinco inicial, Filipa, Luciana, Ana Gomes, Patricia, Ana Barbosa, Tânia e Filipa Araújo
Golos = Ana Gomes (2) e Cabral
Disciplina = amarelo: Ana Barbosa, Bruna e Claudia
Treinador = Armindo Brandão
Árbitros = Fábio Silva/ Nuno Cerqueira
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 1 - CP Freixo, 3
» Campo, 12 - Melgacense, 0
» Gteam, 4 - Maria Fonte, 3
» Raianos,   - Vilaçã
» Nespereira,  - Jorge Antunes
CLASSIFICAÇÃO:
1º Tebosa = 22 Pontos
2º CP Freixo = 22 Pontos
3º Campo = 19 Pontos
4º Académicos = 16 Pontos
5º Jorge Antunes = 15 Pontos
6º Gteam = 14 Pontos
7º ACD Castanheira = 13 Pontos
8º S. Mateus = 11 Pontos
9º - Maria Fonte = 09 Pontos
10º Vilaçã = 04 Pontos
11º Nespereira = 03 Pontos
12º Raianos = 00 Pontos
13º Melgacense = 00 Pontos

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

8. JORNADA
JORGE ANTUNES, 3 - AC CASTANHEIRA,1

Num jogo frente a uma equipa que também luta pelos lugares cimeiros da classificação, a ACDC teve um entrada forte e positiva no jogo, inaugurando o marcador aos 8 minutos, através da camisa 24, Cata. Pressionante e a praticar bom futsal, a turma de José Teles e Benjamim Gomes, desperdiçou ainda algumas boas oportunidades para aumentar a vantagem. 
Na velha máxima de que quem não mata morre, a ACDC veio a sofrer o golo da igualdade antes do intervalo. 
Na segunda parte a equipa da casa entrou mais Pressionante, notado-se algum desgaste físico na formação verde/ branca. Porém,  foi a ACDC a voltar a introduzir a bola na baliza,  num lance anulado pelo árbitro, numa decisão incompreensível e que resulta da pressão do banco da equipa da casa. Estranho ter apitado demasiado tarde e depois da bola ter entrado na baliza, sem ninguém perceber que falta foi marcada.
Entretanto,  a equipa da casa chega à vantagem, fruto de um erro defensivo Castanheirense. Na busca do empate, a ACDC abriu espaços, aproveitado pelo Jorge Antunes para, num remate de meia distância, dilatar a vantagem e fixar o resultado final em 3-1.
A vitória da equipa da casa acaba por aceitar-se, num jogo com um erros crasso da equipa de arbitragem, com interferência direta no resultado.
FICHA DO JOGO:
ACDC CASTANHEIRA-  Sofia Padrão,  Nocas,  Francisca, Cata e Tânia, cinco inicial, Cris (cap) , Souto, Amorim, Bea,  Mariana e Adriana 
Golo = Cata
Disciplina = amarelo: Cata
Treinador = José Teles
Adjunto = Benjamim Gomes 
JORGE ANTUNES - Liliana, Raquel,  Olívia,  Paula e Sara, cinco inicial, Rute, Juliana,  Carolina, Cátia, Catarina e Filipa.
Golos = Raquel, Carolina e Filipa
Disciplina = amarelo: Juliana
Treinadora = Estela Torres 
Árbitros = Fernando Martinho/ Pedro Ferreira 
RESULTADOS: 
-Jorge Antunes, 3 - ACD Castanheira,  1
- Maria Fonte, 2 - Tebosa, 11
- Vilaça, 0 - Campo, 4
- S. Mateus, 3 - Gteam, 3
- Mensagens,  1 - Académicos,  17
- Freixo, 8 - Raianos, 1
CLASSIFICAÇÃO: 
1 - Tebosa = 22 Pontos
2 - Freixo = 19 Pontos 
3 - Campo = 16 Pontos
4 - Jorge Antunes = 15 Pontos
5 - ACD Castanheira = 13 Pontos
6 - Académicos = 13 Pontos 
7 - S. Mateus = 11 Pontos
8 - Gteam = 11 Pontos 
9 - Maria Fonte = 09 Pontos
10 - Vilaças = 04 Pontos
11 - Nespereira = 03 Pontos
12 - Raianos = 00 Pontos
13 - Melgacense = 00 Pontos 

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em épocas anteriores, publica  as atletas nomeadas para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na sétima jornada do campeonato Inter-Distrital, frente ao NESPEREIRA, o jornal nomeou como a melhor em campo  a  FRANCISCA, sendo assim nomeada pela segunda vez.

Outras nomeações se seguirão.

PARABÉNS!