quarta-feira, 22 de novembro de 2017

CAMPEONATO DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO


CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO


terça-feira, 21 de novembro de 2017

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, publica  a atleta nomeada para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na terceira jornada do campeonato, frente ao Limianos, o jornal nomeou como a melhor em campo  a   NOCAS, sendo assim nomeada pela primeira vez.

Na quarta jornada do campeonato, frente ao Moreira, o jornal nomeou como a melhor em campo  a   AMORIM, sendo assim nomeada pela primeira vez.

Na quinta jornada do campeonato, frente ao Soutelense, o jornal nomeou como a melhor em campo  a   BEA, sendo assim nomeada pela primeira vez.

 Parabéns!!
Outras nomeações se seguirão.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

TAÇA DE PORTUGAL FUTSAL SENIORES FEMININO

2ª ELIMINATÓRIA
FC TIRSENSE, 2 - ACD CASTANHEIRA, 2 
(3-2 após prolongamento)

Foi de forma inglória que a ACDC foi eliminada da prova, ao permitir o golo da empate á equipa da casa quando faltavam 4 segundos para o apito final, resultado que levou o jogo para prolongamento.
Numa primeira parte menos conseguida, a turma de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda, permitiu que a formação local chegasse ao golo inaugural, na sequência de um livre indirecto junto da linha da área, depois de um atraso irregular para a g. redes Adriana.
Em desvantagem e mesmo sem realizar um grande jogo, a ACDC criou algumas boas oportunidades para empatar, voltando a pecar numa das grandes pechas desta época, a finalização.
Sem alteração no marcador, a equipa tirsense foi para intervalo em vantagem.
Na segunda parte o Castanheira reagiu, conseguindo o mais dificil, a cambalhota no marcador, com golos da capitã, Cris e da Sónia.
E quando se esperava o apito final e consequente passagem á terceira eliminatória, eis que, no último lance do jogo, a escassos 4 segundos do final, surge o golo do empate da equipa da casa, levando o jogo para prolongamento.
Forçadas a horas extras, o grupo restrito de atletas disponíveis nesta partida começou a demonstrar sinais de evidente cansaço mas, mesmo assim, ainda criou algumas boas oportunidades para marcar, no entanto, cumprindo a velha máxima, quem não marca sofre, e foi isso que sucedeu com o terceiro golo da formação da casa.
Apesar da eliminação da prova é justo realçar o esforço e dedicação das atletas, que tudo fizeram para dignificar o futsal feminino vianense, lutando até á exaustão por um resultado positivo.
Num jogo disputado com desportivismo, trabalho sem reparos da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Cris (cap), Sónia e Amorim, cinco inicial, Souto, Ivete e Olivia.
Golos = Cris e Sónia
Disciplina = nada a registar
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda
Árbitros = Marco Pimentel/ Carlos Castanheira/ José Vieira(AF Aveiro)
 Foto: André Rodrigues

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMNINO

3ª JORNADA
NUN`ALVARES, 12 - ACD CASTANHEIRA, 1

Com muitas limitações em termos de atletas, a jovem equipa da ACDC deslocou-se até Fafe para defrontar uma das equipas mais fortes do campeonato, baqueando por números expressivos, que não mancham o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido na formação.
Cientes das dificuldades que iriam encontrar, a ACDC nunca virou a cara á luta, dignificando o clube que representam. Pela expressão dos números não há muito para dizer relativamente ao jogo, destacando-se o golo de honra apontado pela Rita Costa e pela abnegação demonstrada pelas atletas disponiveis para esta partida.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Marta, Juliana, Beatriz (cap), Rita Costa e Ju, cinco inicial, Márcia e Ana.
Golo = Rita Costa
Treinadora = Catarina Passos
Árbitros = Jorge Sinval/ Fernando Marinho
Resultados:
» Nun`Alvares, 12 - ACD Castanheira, 1
» Maria da Fonte, 2 - Académicos, 5
» Tebosa, 2 - Santa Luzia, 7
» Vermoim, 1 - Gteam, 1
» Landim,   - Saude Fafe,

domingo, 12 de novembro de 2017

CAMPEONATO DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

5ª JORNADA
SOUTELENSE, 1 - ACD CASTANHEIRA, 2

Num jogo sempre aguardado com expectativa, que colocava frente-a-frente as duas equipas que tem dominando as provas distritais nos últimos anos, a ACDC sabia das dificuldades que iria encontrar no reduto de um dos comandantes do campeonato, que contava por vitória todos os jogos efetuados.
Com este cenário, a turma de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda entrou forte e pressionante no jogo, pertencendo-lhe as melhores oportunidades para alvejar com êxito a baliza adversária, porém, alguma ineficácia na hora de finalizar,  a par de algumas boas intervenções da g. redes, levaram o jogo empatado a zero para intervalo, deixando tudo em aberto para a segunda parte.
No regresso dos balneários o cariz do jogo não se alterou e foi com naturalidade que a ACDC se colocou na frente do marcador, com um golo da capitã Cris.
Em vantagem a equipa não baixou o ritmo e foi em busca do segundo golo, que viria surgir através da camisa 5, a Bea, jovem atleta da formação do clube, júnior de primeiro ano, que coloriu a boa exibição com o golo da tranquilidade.
A vencer por 2-0 a equipa baixou a intensidade do jogo e, por outro lado, a formação da casa foi na procura de alterar o resultado desfavoravel mas, o melhor que conseguiu, foi reduzir para 1-2 a três minutos do apito final.
Em suma, venceu a equipa com maior caudal ofensivo e que dominou praticamente todos os momentos do jogo, numa vitória que não merece a minima contestação.
Num jogo arduamente disputado, a equipa de arbitragem realizou um trabalho sem reparos.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Cris (cap), Sónia e Amorim, cinco inicial, Souto, Bea, Ivete, Olivia, Rita e Jaques.
Golos = Cris e Bea
Disciplina = amarelo: Bea
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda
Árbitros = Rafael Araujo/ Agostinho Santos
RESULTADOS:
» Soutelense, 1 - ACD Castanheira, 2
» V. Piães, 4 - Arcos S. Paio, 1
» Moreira, 0 - Deucriste, 8
» Magalhães, 2 - Limianos, 5
CLASSIFICAÇÃO:
1º Limianos  = 15 Pontos
2º Soutelense = 12 Pontos
3º ACD Castanheira = 10 Pontos
4º V. Piães = 09 Pontos
5º Deucriste = 07 Pontos
6º Magalhães = 02 Pontos
8º Arcos S. Paio = 00 Pontos


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

PREMIADAS DO SORTEIO DA EQUIPA FUTSAL JUNIORES FEMININO ACDC

Conforme agendado realizou-se no dia 28 de outubro, no intervalo do jogo ACD Castanheira x AF Campo,  o sorteio da venda de rifas de angariação de fundos da nossa equipa junior feminina.
Os números sorteados foram:
1º Prémio = Nº180 - Isabel Costa

2º Prémio = Nº378 - Eva Rego



Parabéns às premiadas e o agradecimento a todas as pessoas que colaboraram nesta iniciativa, ajudando o futsal feminino.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, publica  a atleta nomeada para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na segunda jornada do campeonato, frente ao Deucriste, o jornal nomeou como a melhor em campo  a   CRIS, sendo assim nomeada pela segunda vez.
 Parabéns!!
Outras nomeações se seguirão.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

CAMPEONATO DISTRITAL FUTSAL FEMININO AFVC

4ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 4 - MOREIRA, 1

RESUMO DO JOGO:
Antes do inicio do jogo as equipas guardaram um minuto de silêncio em homenagem á menina Castanheirense Eliana Sofia, sepultada no dia do jogo, com apenas 10 anos de idade.
Relativamente ao jogo jogado, a ACDC realizou a exibição mais pálida da época, mesmo assim suficiente para arrecadar os 3 pontos em disputa.
Com uma atuação desligada, contrastando com a exibição do jogo ao anterior, em casa do lider do campeonato, a turma de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda chegou á vantagem em mais um golo de belo efeito da Amorim, porém, um erro defensivo permitiu que as visitantes chegassem á igualdade.
Antes do intervalo o Castanheira chega de novo á vantagem, com um golo da camisa 6, Nocas.
Na segunda parte o Castanheira continuou a ter o controlo da partida, vindo a aumentar a vantagem para 4-1, com golos da Amorim, que bisou na partida, e da jovem Souto, enquanto a equipa adversária poucos lances de perigo criou junto da baliza da Jaques.
Num jogo que valeu pela conquista dos 3 pontos, a equipa de arbitragem realizou um trabalho sem reparos.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Jaques, Nocas, Cris (cap), Amorim e Souto, cinco inicial, Ivete, Olivia, Mariana e Adriana.
Golos = Amorim (2), Nocas e Souto
Disciplina = nada a registar
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda
Árbitros = Filipe Torres/ Isael Rebouço
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 4 - Moreira, 1
» Arcos S.Paio, 1 - Soutelense, 3
» V. Piães, 4 - Magalhães, 1
» Deucriste, 0 - Limianos, 5
CLASSIFICAÇÃO:
1º Limianos = 12 Pontos
2º Soutelense = 12 Pontos
3º ACD Castanheira = 07 Pontos
4º V. Piães = 06 Pontos
5º Deucriste = 04 Pontos
6º Moreira = 03 Pontos
7º Magalhães = 02 Pontos
8º Arcos S. Paio = 00 Pontos

CAMPEONATO INTER-DISTRITAL FUTSAL JUNIORES FEMININO

1ª JORNADA
TEBOSA, 3 - ACD CASTANHEIRA, 6

RESUMO DO JOGO:
Em jogo de estreia numa prova nova, que se espera bastante competitiva e excelente para o crescimento da equipa e das próprias atletas,  a jovem equipa da ACDC teve uma entrada adormecida no jogo, facto aproveitado pela formação da casa para se colocar em vantagem por 2-0, aproveitando alguma apatia defensiva Castanheirense.
Perante esta deficiente abordagem ao jogo,  a equipa técnica da ACDC pediu uma pausa técnica, para corrigir o desempenho menos positivo das atletas. A partir daqui a ACDC assumiu o jogo, dando a cambalhota no marcador antes do intervalo, com golos da Bea, que bisou, e da Mariana, levando a equipa em vantagem por 3-2 para os balneários.
Na segunda parte o dominio da turma de Cristiana Fernandes e Catarina Passos continuou e foi com naturalidade que o resultado se foi avolumando até ao 6-2, com golos da Rita, Jú e Juliana, que se estreou a marcar pelo clube em jogos oficiais.
Antes do apito final registo para a lesão da Mariana, que a obrigou ao recurso hospitalar no final do jogo, e ainda para o terceiro golo da equipa da casa, que encurtou distâncias.
Em suma, vitória justa da melhor equipa na quadra, num jogo com bom desempenho da jovem equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana (cap), Rita Costa, Mariana, Bea e Jú, cinco inicial, Rita, Juliana, Márcia, Ana e Marta.
Golos = Bea (2), Mariana, Rita, Ju e Juliana
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjunta = Catarina Passos
Árbitros = Dany Garcez/ Diogo Silva
RESULTADOS:
» Tebosa, 3 - ACD Castanheira, 6
» Maria da Fonte, 4 - Santa Luzia, 6
» Vermoim, 11 - Clube Saude Fafe, 0
» Nun`Alvares - Landim  (adiado)
» Académicos, - GTEAM (adiado) 
CLASSIFICAÇÃO:
1º Vermoim = 03 Pontos
2º ACD Castanheira = 03 Pontos
3º Santa Luzia = 03 Pontos
4º Nun`Alvares = 00 Pontos
5º Landim = 00 Pontos
6º Aacdémicos = 00 Pontos
7º GTEAM = 00 Pontos
8º Maria da Fonte = 00 Pontos
9º Tebosa = 00 Pontos
10º Clube Saude Fafe = 00 POntos


quinta-feira, 2 de novembro de 2017

CAMPEONATO DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO AFVC

3ª JORNADA
LIMIANOS, 2 - ACD CASTANHEIRA, 0

RESUMO DO JOGO:
Num dos jogos grandes da jornada, adiado devido á participação das duas equipas na Taça de Portugal, assistiu-se a uma a partida emotiva do primeiro ao último minuto, com momentos de bom futsal, á mistura com períodos de menor fulgor das duas equipas.
Depois de dois campeonatos invicta, somando quase 3 anos e mais de 40 jogos sem derrotas, as bicampeãs distritais, esta época com uma equipa jovem e renovada, apresentaram-se no reduto das principais favoritas ao titulo, discutindo o jogo pelo jogo, sendo penalizadas pela falta de eficácia na hora de rematar á baliza, para lá dos 3 remates nos postes limianos.
De resto, o resultado é deveras penalizador para a turma de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda face á produção das duas equipas.
Num jogo de equilibrios, a  turma da casa entrou no jogo a ganhar, isto porque, antes de esgotado o primeiro minuto chega á vantagem, aproveitando alguma desplicência defensiva Castanheirense.
A  partir daqui a partida equilibrou-se e as melhores oportunidades de golo pertenceram à ACDC, inclusivé com um remate ao posto através da Souto.
Na segunda parte o jogo continuou equilibrado, com registo para as melhores ocasiões de golo a pertencerem á formação Castanheirense, com mais dois remates aos postes, para lá de excelentes intervenções da g. redes Rosa, ex-atleta da ACDC, que negou o golo á antiga equipa. Do outro lado a jovem g. redes Adriana teve uma atuação tranquila, no entanto, a 7 minutos do final a equipa da casa dilata a vantagem para 2-0, num dos raros remates á baliza neste segundo período.
Nos últimos minutos a ACDC apostou tudo no 5x4 mas sem resultados práticos.
Pelo desempenho da equipas o resultado é deveras injusto, sendo justo destacar a presença na ACDC de 2 atletas séniores de primeiro ano, para lá da presença de 4 juniores também de primeiro ano. Jovens de inegável qualidade que garante um futuro promissor ao clube.
Num jogo disputado com desportivismo e fair-play, nota positiva para a equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Cris (cap), Sónia e Amorim, cinco inicial, Souto, Marina, Bea, Ivete, Olivia e Rita.
Disciplina = amarelo: Cris
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda
Árbitros = Fábio Silva/ Bruno S. Rocha
RESULTADOS:
» Limianos, 2 - ACD Castanheira, 0
» Soutelense, 2 - V.Piães, 1
» Moreira, 2 - Arcos S. Paio, 0
» Magalhães, 2 - Deucriste, 2
CLASSIFICAÇÃO:
1º LIMIANOS - 09 Pontos
2º SOUTELENSE =09 Pontos
3º ACD CASTANHEIRA = 04 Pontos
4º  DEUCRISTE = 04 Pontos
5º V. Piães = 03 Pontos
6º MOREIRA = 03 Pontos
7º MAGALHÃES = 02 Pontos
8º ARCOS S. PAIO = 00 Pontos




segunda-feira, 30 de outubro de 2017

TAÇA DE PORTUGAL FUTSAL SENIORES FEMININO

1ª ELIMINATÓRIA
ACD CASTANHEIRA, 3 -AF CAMPO, 1

Com um hat-trick da camisa 18, Amorim, a ACDC carimbou o passaporte para a segunda eliminatória da Taça de Portugal, ao vencer, no pavilhão municipal, a formação da AF Campo, da AF de Braga.
Entrando forte e dominadora no jogo, a turma de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda chegou ao golo inaugural logo aos 2 minutos, num golo de excelente execução da Amorim.
Em desvantagem, as visitantes procuraram pressionar mais alto e chegam ao empate antes do intervalo, num golo algo esquisito, num lance onde a bola defendida pela Adriana parecia ir para fora mas embateu na trave e deslizou para o fundo da baliza.
Na segunda parte e com o resultado em aberto, a ACDC exerceu maior dominio, chegando á vantagem na sequência de um pontapé de canto, com a Amorim a desferir um oportuno golpe de cabeça anichando a bola na baliza.
De novo em desvantagem, as visitantes subiram as linhas numa pressão alta, porém seria a ACDC a dilatar a vantagem, de novo através da Amorim, a fixar o resultado finais, acabando com qualquer veleidades á formação bracarense.
Num jogo fácil, nota positiva para o trabalho da equipa de arbitragem
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Sónia, Cris (cap) e Amorim, cinco inicial, Souto, Mariana, Rita, Ivete, Olivia e Jaques
Golos = Amorim (3)
Disciplina = nada a registar
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda
Árbitros = Leandro Costa/ Tiago Tavares/ Mário Santiago

terça-feira, 24 de outubro de 2017

MELHOR DA QUINZENA


Na sua edição desta Terça, o jornal "NOTICIAS DE COURA", com o patrocino da Ourivesaria Quilate, na sequência da iniciativa em época anteriores, publica  a atletas nomeada para o prémio da MELHOR DA QUINZENA, a atribuir à futsalista da ACDC que, no final do campeonato Distrital, mais vezes for nomeada.
Na primeira jornada do campeonato, frente ao ACD Paço V. Magalhães, o jornal nomeou como a melhor em campo  a   CRIS, sendo assim nomeada pela primeira vez.
Outras nomeações se seguirão.

PARABÉNS!

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

CAMPEONATO DISTRITAL FUTSAL SENIORES FEMININO

2ª JORNADA
ACD CASTANHEIRA, 3 - DEUCRISTE, 1

Frente a um adversário organizado e dotado de um excelente leque de atletas e também moralizado pelo resultado da ronda inaugural, teve que ser um Castanheira de entrega total para arrecadar os 3 pontos em disputa, numa vitória justa da formação de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda.
Começando pressionante, a ACDC chegou ao golo inaugural, através de uma bela execução da jovem Souto, na sequência de um livre apontado pela capitã Cris, não dando a minima hipotese á g. redes adversária.
Para lá do golo, a formação Castanheirense ainda dispôs de mais algumas boas oportunidades, mas o intervalo chegou com o resultado na diferença minima e com as visitantes sempre na espreita de alvejar com êxito a baliza contrária.
Na segunda parte o jogo foi mais equilibrado , com as vianenses a chegarem mesmo ao empate, num remate forte e colocado, depois de uma recuperação de bola na zona defensiva Castanheirense.
Com cerca de 15 minutos para jogar, as bicampeãs distritais não acusaram o toque  e, num lance de ataque rápido, seria a camisa 8, Cris, a desfazer a igualdade, numa recarga a um remate que o poste havia devolvido.
Antes do apito final registo ainda para o terceiro golo, apontado pela camisa 18, Amorim, num remate cruzado, forte e colocado, sem hipótese de êxito para a g. redes forasteira.
Pelo desempenho das equipas  o resultado aceita-se, sendo justo destacar as dificuldades criadas pelo Deucriste,valorizando ainda mais a vitória de uma equipa que continua a projectar o futuro com o lançamento de jovens atletas de inegável valor e qualidade.
Num jogo frenético, arbitragem regular.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Nocas, Sónia, Cris (cap) e Amorim, cinco inicial, Souto, Mariana, Rita e Jaques.
Golos = Souto, Cris e Amorim
Disciplina = amarelo: Cris
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda
Árbitros = Rui Dinis/ Hugo Velho
RESULTADOS:
» ACD Castanheira, 3 - Deucriste, 1
» Soutelense, 4 - ACD Magalhães, 1
» V.Piães, 5 - Moreira, 0
» Arcos S.Paio, 0 - Limianos, 9
CLASSIFICAÇÃO:
1º Limianos = 06 Pontos
2º Soutelense = 06 Pontos
3º ACD Castanheira = 04 Pontos
4º Deucriste = 03 Pontos
5º V. Piães = 03 Pontos
6º ACD Magalhães = 01 Ponto
7º Moreira = 00 Pontos
8º Arcos S.Paio = 00 Pontos



quarta-feira, 18 de outubro de 2017

PRIMEIROS PASSOS DA ACADEMIA DE FUTSAL ACDC

Ontem foi dado o pontapé de saída da Academia de Futsal ACDC, aberta a atletas masculinos e femininos, dos 6 aos 14 anos.
Os treinos decorrem ás Terça e Sextas, no pavilhão da Escola Básica e Secundária de Paredes de Coura, a partir das 17h30, sob a orientação técnica de Adriana Amorim, licenciada em Desporto e Lazer e atleta da formação sénior da ACD Castanheira.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL SENIORES FEMININO

1ª JORNADA

ACD MAGALHÃES, 2 - ACD CASTANHEIRA, 2

Em jogo de estreia na competição oficial e numa época de muitas alterações no plantel das bicampeãs distritais, o Castanheira entrou mal no jogo, sendo surpreendida com o primeiro golo do adversário antes de esgotado o segundo minuto de jogo.
Em desvantagem., a turma de Manuel Ribeiro e Flávio Miranda reagiu de imediato, dando a cambalhota no marcador, com golos da Amorim e da Nocas. De premeio registo para algumas boas oportunidades desperdiçadas, que poderia dar á equipa a tranquilidade necessária.
Antes do intervalo a formação da casa chega ao empate, num remate colocado, na sequência de uma reposição lateral e beneficiando de alguma apatia defensiva Castanheirense.
Com as equipas empatadas, a segunda parte foi mais repartidas, baixando a qualidade do futsal praticado e com a incerteza no marcador a pairar até ao apito final, podendo a vantagem caír para qualquer um dos lados, face aos lances de perigo que íam surgindo numa e noutra baliza, acabando o desfecho final por não se alterar, com a divisão de pontos a castigar o desperdicio Castanheirense da primeira parte e a premiar a garra e determinação da equipa da casa na luta por um resultado positivo.
Num jogo disputado com desportivismo e fair-play o trabalho da equipa de arbitragem foi de fraco nivel, com um dos árbitros a dar os primeiros passos na função, acusando algumas faltas de rotinas nas decisões.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Sónia, Cris (cap) Nocas e Amorim, cinco inicial, Souto, Ivete, Mariana e Ana Rita.
Golos = Amorim e Nocas
Disciplina = nada a registar
Treinador = Manuel Ribeiro
Adjunto = Flávio Miranda 
Árbitros = Bruno S. Rocha/ Guilherme Rocha
Resultados:
ACD Magalhães, 2 - ACD Castanheira, 2
Moreira, 0 - Soutelense, 6
Deucriste, 9 - Arcos S. Paio, 2
Limianos, 2 - V. Piães, 0
Classificação:
1º Deucriste = 03 Pontos
2º Soutelense = 03 Pontos
3º Limianos = 03 Pontos
4º ACD Castanheira = 01 Pontos
5º ACD Magalhães = 01 Pontos
6º V. Piães = 00 Pontops
7º Arcos S, Paio = 00 Pontos
8º Moreira = 00 Pontos 


segunda-feira, 28 de agosto de 2017

CAMPEONATOS DISTRITAIS DE FUTSAL - ÉPOCA 2017/2018

Através de comunicado oficial, a AF de Viana do Castelo divulgou as equipas inscritas nas diversas provas de Futsal, masculinas e femininas, época 2017/2018.
De registar um decréscimo acentuado de equipas em todos os campeonatos, o que obrigará á realização de campeonatos mistos com as equipas da AF de Braga.
Eis os clubes inscritos:

CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL SENIORES MASCULINO
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA AFIFENSE
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA E CULTURAL DE ANHA
ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E CULTURAL ARCOS S. PAIO
CERVEIRA FUTSAL CLUBE
GRUPO DESPORTIVO DE CASTANHEIRA
GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DE REFÓIOS 
CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL SENIORES FEMININO

ASSOCIAÇÃO C DESPORTIVA PAÇO VEDRO DE MAGALHÃES

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA “OS LIMIANOS”

ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E CULTURAL ARCOS S. PAIO

CLUBE SOUTELENSE DESPORTO E CULTURA

DEOCRISTE SPORT CLUBE

GRUPO DESPORTIVO DE CASTANHEIRA

GRUPO DESPORTIVO DE VITORINO DE PIÃES

UNIÃO DESPORTIVA DE MOREIRA
CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL JUNIORES MASCULINO
ÂNCORA PRAIA FUTEBOL CLUBE
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA E CULTURAL DE ANHA
GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DE REFÓIOS
CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL JUNIORES FEMININO
GRUPO DESPORTIVO DE CASTANHEIRA
SANTA LUZIA FUTEBOL CLUBE
CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL JUNIORES “B” FEMININO
SANTA LUZIA FUTEBOL CLUBE
CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL JUNIORES “C” MASCULINO
CLUBE SOUTELENSE DESPORTO E CULTURA 2017

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

JUNIORES FEMININO INICIAM NOVA ÉPOCA

A equipa de Futsal Juniores "A" Feminino da ACDC foi a  primeira a voltar ao trabalho, iniciando ontem, dia 22, os trabalhos de pré-época, numa altura em que ainda se desconhece se vai competir apenas no campeonato distrital da AF de Viana do Castelo ou num campeonato Inter-Distrital da AF de Braga e Viana.
De novo sob o comando técnico de Cristiana Fernandes, tendo como adjunta Catarina Passos, as nossas jovens atletas tem já agendados alguns jogos-treino, nomeadamente dia 2 de setembro, com deslocação ao reduto do Restauradores do Brás Oleira, da AF do Porto, dia 10 de setembro, em casa frente ao Maria da Fonte, da AF de Braga e dia 16 e 17, jornada dupla, frente à formação do G-TEAM, também da AF de Braga.
O jogo de apresentação aos sócios está agendada para 1 de outubro, frente a um adversário a designar.
Para lá das sessões de treinos previstas,a  equipa vai realizar um mini-estágio de 3 dias em Moledo, Caminha.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

segunda-feira, 17 de julho de 2017

TORNEIO 24H ACDC - CANCELADO

Devido ao número de equipas inscritas ser inferior ao desejado, a ACDC comunica que o Torneio 24H de Futsal Feminino, previsto para 21/22 de julho foi cancelado.
Agradecemos a compreensão das equipas inscritas e prometemos voltar noutra data e comnovos moldes.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

JANTAR DE FINAL DE ÉPOCA

Como vem sendo habitual a cada ano que passa, as equipas que representaram a ACDC nas provas federadas, época 2016/2017, reuniram-se no passado sábado, dia 1 de julho, para o jantar de final de época, que decorreu, uma vez mais, na cantina da Escola Secundária de Paredes de Coura.
O momento foi também aproveitado pelo jornal Noticias de Coura para proceder á entrega dos Troféus "Melhor da Quinzena", aos atletas mais distinguidos ao longo dos respetivos campeonatos distritais.
Assim, na categoria de seniores masculino o distinguido foi o camisa 7, Dany, enquanto que no sector senior feminino a mais votada foi a camisa 8, Cris, simultaneamente atleta sénior e treinadora da formação junior feminina.
Com a realização do jantar caiu o pano em mais uma época desportiva, estando já em preparação a nova época 2017/2018.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

SUPERTAÇA AFVC FUTSAL SENIORES FEMININO

ACD CASTANHEIRA, 0 - AD "OS LIMIANOS", 1

Depois de conquistar o troféu por cinco vezes, duas das quais nas duas últimas épocas, a ACDC partiu para este jogo com o objectivo claro de alcançar a sexta supertaça, sabendo que do outro lado estava um adversário de valor e também empenhado na luta pela vitória.
A culminar uma época deveras desgastante de 10 meses de trabalho, marcado por alguns contratempos e apesar do esforço despendido pelas atletas, a equipa partiu para este jogo com ambição, não acusando o desgaste acumulado.
Perante estas premissas, a turma de Rui Gonçalves e Hugo Cortes produziu o suficiente para conquistar o troféu, vindo a ser penalizada pela falta de eficácia e também por algum azar há mistura, nomeadamente com 3 remates enviado aos postes da baliza adversária, ainda com o resultado a zero golos.
Numa primeira parte de maior dominio da ACDC, com as referidas bolas aos postes e outras ocasiões de golo desperdiçadas, foi neste período que a formação limiana chega ao golo, numa das raras desatenções defensivas Castanheirenses.
Na segunda parte o jogo desceu de qualidade, com momentos de menor fulgor, o controlo do jogo pertenceu por completo ao Castanheira, com a equipa de Ponte de Lima numa fase de contenção, defendendo a vantagem adquirida e sem fazer mossa na baliza contrária.
Nos últimos minutos e em desvantagem, a ACDC aposta no 5x4, situação que não alterou a marcha do marcador.
Nos instantes finais da partida surge um lance confuso na área limiana, com a bola a ser jogada por uma atleta de Ponte de Lima, situação que passou sem sanção pela equipa de arbitragem.
Pouco depois surge o apito final e a festa normal da equipa de Ponte de Lima pelo feito alcançado e consciente que do outro lado encontrou um adversário há altura.
Inserido no programa da Festa do Futsal Feminino Distrital, seguiu-se depois as condecoração das bicampeãs distritais que, recorde-se, alcançaram o titulo sem derrotas e com a uma vantagem de 10 pontos para o segundo classificado.
Agora segue-se o habitual período de férias, no sentido de retemperar energias para atacar a nova época desportiva com o mesmo objetivo de sempre, lutar em todos os jogos pela vitória.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Jaques, Cris, Vânia, Sylvie e Sara, cinco inicial, Marisa (cap), Sara Duarte, Amorim, Rosa e Adriana.
Disciplina = amarelos: Sylvie e Cris
Treinador = Rui Gonçalves
Adjunto = Hugo Cortes
Árbitros = Hugo Velho/ José Felgueiras/ Rui Dinis

quarta-feira, 21 de junho de 2017

FUTSAL FEMININO - CAPTAÇÕES

SE GOSTAS DA MODALIDADE E QUERES INTEGRAR UMA EQUIPA FEDERADA.
APARECE!
MOSTRA O TEU TALENTO......

terça-feira, 20 de junho de 2017

SUPERTAÇA FUTSAL SENIORES FEMININO AFVC

É JÁ ESTE DOMINGO!
VENHA APOIAR A ACDC NO ÚLTIMO JOGO OFICIAL DA ÉPOCA, RUMO À CONQUISTA SEXTA SUPERTAÇA AFVC!!!

segunda-feira, 19 de junho de 2017

TAÇA NACIONAL FUTSAL SENIORES FEMNINO

2ª FASE - SÉRIE B
6ª JORNADA

VALVERDE, 5 - ACD CASTANHEIRA, 2

Com a classificação da série definida, a equipa da ACDC foi sujeita, nesta última ronda, a uma longa e desgastante viagem, a uma região marcada pela onda de incêndios que enlutou país, fator que provocou algum atraso na hora de chegada ao local do jogo.
Para lá destas condicionantes, as altas temperaturas que se faziam sentir, alheadas mais uma vez ao grupo restrito de atletas disponíveis, condicionaram e muito a prestação da equipa que, apesar de todas as contrariedades, vendeu cara a derrota.
Logo nos minutos iniciais e  apesar da entrada forte da equipa da casa, foi a turma de Rui Gonçalves e Hugo Cortes a adiantar-se no marcador, graças a um golo da Sylvie. Em desvantagem, a equipa da casa, com muitas mais opções no banco, aumentou a pressão, dando a cambalhota no marcador, para 3.1. Antes do intervalo a ACDC ainda reduz para 3-2, com novo golo da camisa 9, Sylvie, deixando tudo em aberto para a segunda parte.
Na etapa complementar o figurino do jogo não se alterou muito e o desgaste foi-se apoderando das atletas Castanheirenses, fator aproveitado pela equipa local para fixar o resultado final 5-2, numa vitória que não merece contestação, sendo justo reconhecer o espírito de luta e sacrifício Castanheirense.
Num jogo disputado com desportivismo, trabalho positivo da equipa de arbitragem.
Terminada a segunda fase da prova e cientes da realidade em termos de opções disponíveis, importa retirar os aspetos positivos e negativos nesta participação, segunda consecutiva, sendo ambição do clube voltar na próxima época com  outros argumentos.
Agora, antes de terminar uma época desgastante de 10 meses de trabalho, temos a supertaça da AFVC para jogar, e vencer, troféu do qual o clube é detentor e o qual já conquistou por 5 vezes.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Vânia, Cris, Sylvie e Marisa (cap), cinco inicial, Sara e Amorim
Golos = Sylvie (2)
Disciplina = nada a registar
Treinador = Rui Gonçalves
Adjunto = Hugo Cortes
Árbitros = Bruno Duarte/ João Batista/ Sérgio Mendes
Resultados:
» Valverde, 5 - ACD Castanheira, 2
» Barranha, 1 - Penaguião, 3
Classficação Final:
1º Penaguião = 18 Pontos
2º Valverde = 09 Pontos
3º Barranha = 09 Pontos
4º ACD Castanheira = 00 Pontos

PROVA EXTRAORDINÁRIA FUTSAL JUNIORES FEMININO

4ª JORNADA (em atraso)
LANDIM, 12 - ACD CASTANHEIRA, 1

A jovem equipa da ACDC terminou a participação na prova com uma deslocação complicada, ao reduto do vencedor, a equipa mais forte na competição.
Num dia de muito calor e tendo pela frente uma equipa dotada, física e tecnicamente, a ACDC não encontrou argumentos para contrariar o favoritismo da equipa da casa, acabando por averbar uma derrota pesada, que em nada belisca, a boa campanha na prova, que culminou com a obtenção do 3º lugar na classificação e, mais importante que isso, contribuiu para um maior crescimentos da equipa e das próprias atletas.
Relativamente ao jogo, a ACDC chegou ao intervalo a perder por 6-0. Na segunda parte o resultado foi-se avolumando até aos 12-1 finais, com o golo da ACDC apontado pela camisa 12, Ivete.
Num jogo tranquilo, bom trabalho da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana (cap), Ivete, Mariana Rodrigues, Marina Trigo e Jú, cinco inicial, Rita e Marta
Golo = Ivete
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjunta = Catarina Passos
Árbitros = José Ferreira/ José Carlos Almeida
Classificação Final:
1º Landim = 24 Pontos
2º Maria da Fonte = 16 Pontos
3º ACD Castanheira = 13 Pontos
4º Vilaçã = 03 Pontos
5º Tebosa = 03 Pontos

sexta-feira, 16 de junho de 2017

PROVA EXTRAORDINÁRIA FUTSAL JUNIORES FEMININO AF BRAGA

10ª JORNADA

TEBOSA, 1- ACD CASTANHEIRA, 3

Faltando apenas 1 jogo para concluir a participação da jovem equipa da ACDC na prova, o balanço é positivo, contribuindo para o crescimento das atletas e da própria equipa, culminado assim 10 meses de trabalho.
Relativamente ao jogo, a turma de Cristiana Fernandes e Catarina Passos sentiu enormes dificuldades de adaptação ao piso, bastante escorregadio, criando alguns  embaraços no desenvolvimento das jogadas.
Apesar das condicionantes, a ACDC teve sempre o jogo controlado, chegando ao intervalo em vantagem, por 1-0, depois de desperdiçar algumas boas oportunidades para dilatar o resultado.
Face ao resultado equilibrado, a equipa da casa ía acreditando ser possível um resultado positivo e entrou na segunda parte disposta a alterar o marcador. Daí, logo nos minutos iniciais não foi de estranhar o golo da igualdade.
Acusando o toque, a ACDC apercebeu-se que teria que arregaçar as mangas se quisesse vencer o jogo. Voltando a tomar as redeas da partida, o Castanheira conseguiu mais 2 golos, através da Ivete, que bisou na partida e da Mariana Rodrigues, acabando por vencer, justamente, por 3-1, perante um adversário aguerrido, que lutou até à exaustão em busca de um resultado favoravel.
Num jogo disputado com desportivismo, trabalho sem reparos da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana (cap), Ivete, Rita,, Mariana Rodrigues e Jú, cinco inicial, Mariana Trigo e Marta
Golos = Ivete (2) e Mariana Rodrigues
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjunta = Catarina Passos
Árbitros = António Neto/ Paulo Rodrigues

segunda-feira, 12 de junho de 2017

INTERVENÇÃO CIRÚRGICA

Amanhã, dia 13, a nossa talentosa atleta CATA vai ser submetida a uma intervenção, numa clínica da cidade do Porto, no sentido de debelar uma lesão grave, ao nível dos ligamentos do joelho direito, sofrida no jogo da 2ª jornada, 1ª Fase, da Taça Nacional.
Depois da operação, a Cata irá enfrentar um longo período de recuperação, aguardando-se o seu regresso à quadra na máxima  força, para delicia dos amantes da modalidade.
A familia ACDC fica a torcer para que tudo decorra de forma positiva.
Força Cata! Estamos cá para te ajudar.

TAÇA NACIONAL FUTSAL SENIORES FEMININO

2ª FASE - SÉRIE B
5ª JORNADA

ACD CASTANHEIRA, 1 - BARRANHA, 3

Mais um jogo numa fase complicada da época, onde as opções em termos de atletas se mostra insuficiente nesta prova,  num elevado grau de exigência que provoca um maior desgaste .
Frente a um adversário equilibrado e aguerrido, a turma de Rui Gonçalves e Hugo Cortes até entrou bem no jogo, colocando-se em vantagem com um golo da capitã Marisa. Em desvantagem, as visitantes intensificaram o ritmo de jogo em busca de um resultado positivo, carregando sobre o último reduto Castanheirense, criando diversos lances de perigo.
Antes do intervalo as portuenses chegam ao golo do empate num remate de meia distância, sem hipotese para a g. redes Rosa, que se cotou com uma excelente exibição.
Para a segunda parte adivinhava-se uma tarefa dificil para a ACDC, com as visitantes em busca da vitória que lhes permite lutar pelos lugares cimeiros da classificação.
Continuando por cima no jogo, chegaram ao segundo golo a meio da segunda parte, começando a ser evidente o enorme desgaste da turma Castanheirense.
A quatro minutos do final e numa tentativa de chegar á igualdade, a ACDC utilizou o 5x4 mas, numa desatenção defensiva, foram as visitantes a fixar o resultado final em 3-1, que espelha a vantagem conseguida pelo controlo evidenciado no jogo.
Num jogo disputado com desportivismo e fair-play, a equipa de arbitragem realizou um, trabalho de qualidade.
Faltando um jogo para concluir a participação da ACDC na Taça Nacional, que pela segunda época consecutiva chega á segunda fase, importa agora preparara da melhor forma o último troféu da época em disputa, a Supertaça AFVC, trofeu que o clube já conquistou por 5 vezes.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Rosa, Cris, Vânia, Sylvie e Marisa (cap), cinco inicial, Sara, Amorim, Sara Duarte, Ivete e Adriana.
Golo = Marisa
Disciplina = nada a registar
Treinador = Rui Gonçalves
Adjunto = Hugo cortes
Árbitros = Ricardo Oliveira/ Alberto Silva/ Fábio Silva
Resultados:
» ACD Castanheira, 1 - Barranha, 3
» Valverde, 1 - Penaguião, 4
Classificação:
1º Penaguião = 15 Pontos
2º Barranha = 09 Pontos
3º Valverde = 06 Pontos
4º ACD Castanheira = 00 Pontos
A formação do RC Penaguião garantiu a presença na Final Four da Taça Nacional e consequente subida ao Campeonato Nacional, época 2017/2018.

PROVA EXTRAORDINÁRIA FUTSAL JUNIORES FEMININO

9ª JORNADA

ACD CASTANHEIRA, 2 - FC LANDIM, 7

Perante o adversário mais cotado da prova, a equipa da ACDC teve uma entrada algo adormecida no jogo, facto aproveitado pelas visitantes que, antes dos dois minutos de jogo, vá vencia por 2-0.
Fruto de algum desacerto defensivo e pouca agressividade na disputa da bola, a turma de Cristiana Fernandes e Catarina Passos chegou ao intervalo a perder por 6-1, chegando a temer-se uma goleada histórica.
Feitas as devidas correcções no intervalo, a equipa surgiu transfigurada, para melhor, na etapa complementar e, apesar do curto leque de opções, a ACDC bateu-se com galhardia, equilibrando o jogo e o resultado neste período, com um empate parcial a 1 golo.
Perante o desenrolar do jogo a vitória é inquestionável, com um resultado desnivelado que premeia a melhor perfomance adversária, dotada de outro tipo de opções.
Num jogo tranquilo, trabalho meritório da equipa de arbitragem.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana (cap), Ivete, Mariana Rodrigues, Mariana Trigo e Ju, cinco inicial, Rita e Marta
Golos = Ju e Rita
Disciplina = nada a registar
Treinadora = Cristiana Fernandes
Adjunta = Catarina Passos
Árbitros = Pedro Nunes/ João Carlos Costa
Resultados:
» ACD Castanheira, 2 - Landim, 7
» Maria Fonte, 10 - Tebosa, 0
Classificação:
1º Landim = 18 Pontos
2º Maria da Fonte = 16 Pontos
3º ACD Castanheira = 10 Pontos
4º Vilaça = 03 Pontos
5º Tebosa = 03 Pontos

segunda-feira, 5 de junho de 2017

PROVA EXTRAORDINÁRIA FUTSAL JUNIORES FEMININO AF BRAGA

8ª JORNADA

ADC VILAÇA, 2 - ACD CASTANHEIRA, 10

Num jogo praticamente de sentido único, a jovem equipa da ACDC cumpriu mais uma etapa no crescimento coletivo, continuando a assimilar processos de jogo, obtendo uma robusta vitória.
A vencer por 6-2 ao intervalo, a formação de Cristiana Fernandes e Catarina Passos baixou um pouco a intensidade na segunda parte, conseguindo, mesmo assim mais quatro golos, fixando o resultado final, num jogo onde se destaca o poquer conseguido pela Marina Trigo e pela Jú, para lá dos golos da Ivete e da Mariana Rodrigues.
Quando faltam  3 jogos para terminar a prova, é justo reconhecer a evolução da ACDC na coompetição, vincando o bom trabalho que tem sido desenvolvido.
Num jogo pacifico e fácil de dirigir, a equipa de arbitragem realizou um trabalho positivo, sem reparos.
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana (cap), Ivete, Mariana Rodrigues, Mariana  Trigo e Jú, cinco  inicial, Rita e Marta.
Golos = Mariana Trigo (4), Jú (4), Ivete e Mariana Rodrigues
Disciplina = nada a registar
Treinador = Cristiana Fernandes
Adjunta = Catarina Passos
Árbitros = Fernando Barbosa/ Diogo Araújo
Resultados:
» ADC Vilaça, 2 - ACD Castanheira, 10
» Landim, 8 - Maria da Fonte, 0
Classificação:
1º Landim = 15 Pontos
2º Maria da Fonte = 13 Pontos
3º ACD Castanheira = 10 Pontos
4º Vilaça = 03 Pontos
5º Tebosa = 03 Pontos

TAÇA NACIONAL FUTSAL SENIORES FEMININO

2ª FASE - SÉRIE B
4ª JORNADA

PENAGUIÃO, 7 - ACD CASTANHEIRA, 0

Chegada a esta fase da época com muitas limitações, a ACDC tem sentindo enormes dificuldades em discutir os jogos com adversários mais apetrechados.
Apesar de todas as condicionantes, é de enaltecer o espirito de luta das atletas disponiveis, que deixam tudo na quadra em busca da melhor representação possivel do futsal feminino do clube e do distrito que representam.
Relativamente ao jogo disputado em Santa Marta de Penaguião, a turma de Rui Gonçalves e Hugo Cortes até entrou bem no jogo, porém, algum desacerto defensivo permitiu que a equipa da casa tenha chegado ao intervalo em vantagem, por 5-0, com alguns golos muito consentidos pelo reduto defensivo Castanheirense.
Na segunda parte a ACDC procurou equilibrar o jogo mas, mesmo assim, a formação da casa ainda obteve mais golos, fixando o resultado final.
Sendo justo reconhecer que a vitória das transmontanas é mais que merecida, apresentado argumentos que a ACDC, face ás várias condicionantes que marcam um final de época atribulado, não consegue reunir, importa continuar a dignificar o  clube, coisa que tem sido executado na perfeição por este grupo de briosas atletas, cientes que a maldição não perdurará para sempre e novas ambições e conquistas virão no futuro.
Num jogo tranquilo, trabalho sem reparos da equipa de arbitragem
FICHA DO JOGO:
CASTANHEIRA = Adriana, Cris, Sylvie, Marisa (cap) e Sara, cinco inicial, Amorim, Sara Duarte, Ivete e Rosa.
Disciplina = amarelo: Sara
Treinador = Rui Gonçalves
Adjunto = Hugo cortes
Árbitros = Luis Pinto/ José Carlos  Silva/ Mauro Ribeiro (AF Vila Real)
RESULTADOS:
» Penaguião, 7 - ACD Castanheira, 0
» Barranha, 1 - Valverde, 0
CLASSIFICAÇÃO:
1º PENAGUIÃO = 12 Pontos
2º VALVERDE = 06Pontos
3º BARRANHA = 06 Pontos
4º ACD CASTANHEIRA = 00 Pontos